Episódio Piloto: A Difícil Arte de Acompanhar Séries Direto dos EUASES

Eu, como nerd maroto, esperto e politicamente correto que sou, adquiri um tempo atrás uma incrível máquina que me proporciona viajar aos EUASES sempre que quero ver o episódio mais recente das minhas séries favoritas.

(quero estragar meu texto usando o sufixo “dade” pelo menos cinco vezes nesse próximo parágrafo, vamos ver se eu consigo)

Porém, com sua incrível funcionalidade, essa máquina proporciona uma facilidade que acabou, de certa forma, por gerar uma total incapacidade da minha pessoa em acompanhar tudo que eu assistia. A cada ida a terra do Tio Sam, eu acabava por descobrir mais uma série, e outra, e outra, e outra, até que cheguei ao atual ponto, onde de tanto ter que ir não tenho mais tempo pra assistir a tudo, gerando um acumulo incrivelmente enorme de episódios atrasados.

(não consegui :~)

Tomemos Lost como exemplo. Desde a estréia da quinta temporada eu tenho ido aos EUASES, mas até agora não assisti NENHUM episódio, já acho até que o melhor é me preparar para uma maratona com toda a temporada de uma vez. Foi mais ou menos o que eu fiz com The Big Bang Theory, que resolvi o problema do atraso assistindo quinze episódios de uma vez.

Esse acumulo de viagens atrasadas também gerou outro inconveniente. De tanto correr atrás do atraso, por mais que eu me esforce e viaje, a nova sofra ainda não começou pra mim. Ou seja, ultimamente eu estou vivendo de séries do passado.