Erros de Português =/

Tem uma coisa que me incomoda. Erros de português, e mais ainda em locais públicos ou que tem grande visibilidade, como um grande portal de conteúdo na internet.

Tem uma linha de ônibus aqui em João Pessoa que passa pelo “Casino”. Está bem que não é um erro assim tão gritante, é uma coisa até boba, mas não deveria acontecer de forma alguma.

Estagiário FAIL


Aqui tinha uma linha falando sobre a iminência dos 100.000 acessos ao blog. Mas o wordpress está temperamental e eu perdi metade do meu post =/

Tarrascada do Mago: Viagem no tempo [2]

Como nosso bom amigo falou, os Wormholes (buracos de minhocas – analogia porca tirada do estrago que vermes fazem em maçãs) são possíveis meios, naturais, de se transpor o tempo e espaço. Não possíveis, ainda não, mas se especula muito sobre este fato. A saber existem vários tipos desses buracos, mas falamos apenas dos que ligam tempo. Então… considerando que existam mesmo e que, ainda, tornem-se estáveis o suficiente para alguém tentar atravessá-lo e que ao fazê-lo não se desintegre e chegue vivo ao outro lado, teríamos caracterizado uma viagem no tempo.

Wormholes

Wormholes

A pensar… isso ocorreria se, e somente se, o tempo e o espaço não forem fenômenos sem atuação direta, que não passiva, aos demais eventos que acontecem por todo o universo. Desta forma eles estariam atuando para alterar eventos e situações criadas pelo mesmo (espaço-tempo); Isso seria suficiente, em minha porca (porca duas vezes num mesmo post?…) inteligência para responder ao meu questionamento do post passado. Uma vez que se o tempo é algo atuante, ele poderia se estender, se contrair, voltar e se refazer. Uma influência (vide post anterior) poderia ser desfeita e caracterizada a viagem… (nota: hum… interessante…)
O tempo e espaço, como fenômenos ativos poderiam (em teoria) arrumar esta brecha espaço-temporal e ‘roubar’ para que se possa ir e vir de um tempo/espaço a outro. É… quem sabe essa história não exista mesmo?

Dica de site

Tá… eu sei que eu não sou ninguem para vocês estarem recebendo dicas, mas fica ai do mesmo jeito:

http://www.dicionarioinformal.com.br/

Trata-se de um dicionário criado por quem acessa o serviço. Alguns exemplos de boas definições estão logo abaixo:

1. peralta
Enviado por Hugo Moura (RJ) em 28-03-2007.
Clique aqui se você CONCORDA com essa definição! 22 sim, 13 não Clique aqui se você NÃO CONCORDA com essa definição!
   
  Gíria idosa: Pessoa Levada ou Rebelde.
   
  – Oh coisa horrorosa, mas que menino peralta, misericórdia!

3. chavasca
Enviado por Ederson Ghader Basílio (MG) em 03-11-2008.
Clique aqui se você CONCORDA com essa definição! 1 sim, 7 não Clique aqui se você NÃO CONCORDA com essa definição!
   
  Um buraco muito grande.
   
  Ontem eu atolei em uma chavasca.

 

Alguns  dos legais que encontrei… busquem lá que vocês acharão coisas muito interessantes lá. heheheh (engraçadas e inúteis também).
Afinal, tarrascao tbm é cultura!!

Interessante… sensacional

Tá… eu sei que é meio velho isso, mas demorei tanto pra encontrar que acabou ficando mais velho ainda.

1) Você sabia que “De aorcdo com uma pqsieusa de uma uinrvesriddae ignlsea, não ipomtra em qaul odrem as lrteas de uma plravaa etãso, a úncia csioa iprotmatne é que a piremria e útmlia lrteas etejasm no lgaur crteo. O rseto pdoe ser uma ttaol bçguana que vcoê anida pdoe ler sem pobrlmea. Itso é poqrue nós não lmeos cdaa Ltera isladoa, mas a plravaa cmoo um tdoo.”

2) Sabia também que (esta que é escrota):

35T3 P3QU3N0 T3XTO 53RV3 4P3N45 P4R4 M05TR4R COMO NO554 C4B3Ç4 CONS3GU3 F4Z3R CO1545 1MPR3551ON4ANT35! R3P4R3 N155O! NO COM3ÇO 35T4V4 M310 COMPL1C4DO, M45 N3ST4 L1NH4 SU4 M3NT3 V41 D3C1FR4NDO O CÓD1GO QU453 4UTOM4T1C4M3NT3, S3M PR3C1S4R P3N54R MU1TO, C3RTO? POD3 F1C4R B3M ORGULHO5O D155O! SU4 C4P4C1D4D3 M3R3C3! P4R4BÉN5!

Digai… até eu consegui ler os dois… é s3s4c10n4l!! ou sesncanioal!!!
Sobre a fonte… bem! é uma coisa que ninguem sabe donde veio, ou pra onde foi. Todo mundo diz que veio de um canto diferente, então é só copiar um pedaço do texto e procurar por si só!

Qual a maior palavra da língua portuguesa?

Em Língua Portuguesa, a maior palavra que se tem notícia, é:

pneumoultramicroscopicossilicovulcanoconiótico

Ela designa, segundo o Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa, o “estado de quem é acometido de uma doença rara provocada pela aspiração de cinzas vulcânicas”.

Esta pergunta foi respondida pela professora Regina Lucia Freitas, da equipe de professores do serviço Professor Web.